SINDIMOVEIS - Sindicato dos Corretores de Imóveis do Est. do Rio de Janeiro
Rio de Janeiro, 23/11/2017. 
SINDIMOVEIS - Sindicato dos Corretores de Imóveis do Est. do Rio de Janeiro
  ÁREA DO CORRETOR
  Associe-se
  Assessoria Jurídica
  Vantagens para o associado
  Modelos de Contratos
  Legislação
  Relação de Cartórios
  Links úteis
  Tabela de Honorários
  Contribuição Sindical
   
 FORMAÇÃO & APERFEIÇOAMENTO
  Avaliação Imobiliária
  Curso TTI novo!
   
 
Atendimento
Tel.:
21  3526-0650
Fax:
21  3526-0670
E-mail.:
secretaria@sindimoveisrj.org.br
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta de 9:00 às 18:00h
 
Sede Recreativa

Cursos & Eventos
Início: 

Local: 
Período:
 
Parceiros & Convênios
 
 

  Visitantes online: 2

 
Últimas Notícias    
     
  Encaminhar      Impressão      RSS     

Inadimplencia forte

Quase um em cada cinco beneficiários mais pobres do Minha Casa, Minha Vida está com pelo menos uma prestação vencida há mais de três meses do imóvel que recebeu a custo praticamente zero. A inadimplência entre as famílias que ganham até R$ 1,6 mil está em 17,5 % , segundo dados obtidos pelo ‘Estado’.

O porcentual é muito superior ao registrado nos financiamentos imobiliários de forma geral, nos quais os atrasos acima de 90 dias não superam 2 % . O número de calotes entre os beneficiários com renda mais baixa também é destoante em relação às outras duas faixas de renda de mutuários, cujo porcentual de inadimplência fechou abril em 1,9 % .

Das 3,39 milhões de unidades contratadas no programa, 1 milhão são direcionadas às famílias classificadas como faixa 1, cuja renda mensal não ultrapassa R$ 1,6 mil. Sob esse critério, a prestação de cada casa não deve ultrapassar 5 % da renda do beneficiário, com valor mínimo de R$ 25 pelo período de dez anos. Se o mutuário pagar R$ 25 por dez anos, terá pago R$ 3 mil em prestações, em valores atuais, por um imóvel com valor que pode chegar a R$ 76 mil. Ou seja, o subsídio pode chegar a 95 % do imóvel, bancado com recursos do Orçamento Geral da União (OGU).

De 2009 a 2013, o governo federal desembolsou R$ 73,2 bilhões apenas em subsídios na faixa 1. As famílias inadimplentes também não perdem as casas. O calote é arcado pelo Tesouro Nacional, sem impacto para os bancos públicos do programa – Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.



Fonte: O Estado de São Paulo
Data: 16/06/2014

Conteúdo IAED para impressão

Mais Últimas Notícias
11/09/2014 - ENERGIA MAIS CARA
11/09/2014 - OBRAS DE ANGRA 3
11/09/2014 - SIMULADOR HABITACIONAL
08/09/2014 - MUDANÇAS NA ARQUITETURA
08/09/2014 - CONSTRUTORA CAMPEÃ
08/09/2014 - DÚVIDAS EM MANGARATIBA
04/09/2014 - MINHA CASA: NOVA ETAPA
04/09/2014 - PLANOS DE SAÚDE LEVAM APERTO
04/09/2014 - RECORDE EM PETRÓLEO E GÁS
05/08/2014 - Arquivos secretos
01/08/2014 - TRIBUTAÇÃO: CORRETOR NO SIMPLES NACIONAL
31/07/2014 - Antigos também atraem
31/07/2014 - IPTU estimula melhorias
15/07/2014 - Valorização em niterói
14/07/2014 - Perspectivas do mercado
02/07/2014 - Teleférico na providência
01/07/2014 - Mudanças na bolsa
30/06/2014 - Bairro-maravilha expande-se
30/06/2014 - Emprego na construção civil
30/06/2014 - Segurança em teresópolis
16/06/2014 - Brasil atraente
30/05/2014 - Fechamento de varandas no rio
19/05/2014 - Nada de Bolha
10/02/2014 - Assistência Social no Rio
10/02/2014 - Carnaval em Friburgo
10/02/2014 - Mais transporte no Méier
10/02/2014 - Sérgio Cabral confirma renúncia
10/02/2014 - SUSEP multa seguradora americana
22/01/2014 - Lançamentos da Cyrela
22/01/2014 - Concurso do CAU
 
SINDIMOVEIS - Sindicato dos Corretores de Imóveis do Est. do Rio de Janeiro
Endereço:
Rua Luiz Leopoldo Fernandes Pinheiro, 572 / 6º andar
Niterói / RJ - Cep 24.030-128

Tel.: 21 3526-0650
Copyright © 2010 - SINDIMOVEIS RJ -   Todos os direitos reservados.